Meio Limão

UM LIMÃO MEIO LIMÃO, O MEU É MEIO

quarta-feira, agosto 16, 2006

São Martinho

Estou de férias e chove.
Estou pela primeira vez de férias oficiais, daquelas que as pessoas que já trabalham têm de marcar e às quais ficam limitadas.
Daquelas que se marcam e que tem mesmo de ser naqueles dias. Tudo se tem de fazer: ir à praia, sair à noite, estar, conversar, dormir, estar de férias. Normalmente escolhe-se um sítio onde se sabe que se terá tudo, ou quase.
Eu vim para São Martinho. E, no meu segundo dia oficial de "férias de verão",(se é que se pode chamar férias de verão a 9 dias utéis), chove. Está a chover. Mas não me chateia, faço de conta que estou cá o verão inteiro e que isto até é bom para descansar da praia e do sol! Ou não...

6 Comments:

At 6:41 da tarde, agosto 16, 2006, Blogger Viva la Vespa tem a dizer que...

Pois, estas coisas de se trabalhar por conta de outros tem que se lhe diga, ainda para mais quando o tema são as férias. Mas isso de estar a chover nem é mau de todo: sempre se evita o calor e o cheiro a sovaco na praia (mesmo que seja em S. Martinho, onde o sovaco deve cheirar a "tia ou a tio" banhado em Lacoste ou "Ivo-Santo-Loren").
Na verdade é nesses dias que dá a maior moleza e por entre uma soneca e um cafezinho passa-se o dia com o olho entreaberto à espera da night. E quando chega a night pouco importa que chova ou faça sol (podia ser um eclipse qualquer maluko, provocado pela camada do Azoto que anda meio avacalhada), desde que haja bebida e caras bonitas a chuva num importa.
E já agora. Não contaste se o horóscopo do outro dia bateu forte com os astros ou não....eu cá vou ficar aqui sossegadito à espera das novidades do meio-limão!!!!
Beijinhos e manda sempre que ando por aqui a cuscar a vida dos outros (hoje é dia de chuva aqui em Lisboa tb!!!!)

 
At 8:20 da tarde, agosto 16, 2006, Blogger botinhas tem a dizer que...

Se nas próximas férias de Verão queres sol NÃO vás para S.Martinho! Pior que S.Martinho, só a Praia Grande, onde neste momento deve estar a cair granizo.

 
At 11:50 da manhã, agosto 24, 2006, Blogger Migas-o-Sapo tem a dizer que...

Eu trocava de bom grado o Sol da torradeira do sítio no Algarve onde vivo por esses nove dias úteis de férias debaixo de chuva. Eu gosto de chuva e frio e aqui raramente faz uma ou outra. Isto é uma secura infernal e só saímos à rua se não tivermos outro remédio. Apesar disso, a rua e as praias estão sempre com pilhas de bifes idiotas a desfilar ou espalajados e lisboetas ou galegos, quaisquer uns deles a exibir estupida e orgulhosamente os seus escaldões que já lhes sacaram uma ou duas camadas de pele sabendo que terão, a médio e longo prazo, sérias consequências para a saúde. Eu não compreendo... as pessoas chegam aqui jeitosas e saem como se forrem pedaços de carvão... Nem percebo porque é que as pessoas vêm para cá se isto aqui é uma enorme confusão e não há qualquer sossego.
A chuva para nós é uma dádiva: quando chove, as plantas nascem, crescem e outras arrebitam-se todas que nem que tivessem tomado Viagra! Quando se vai a meio da Primavera e já faz uma torra do camandro, tudo seca, morre e o Sol e o calor trazem-nos dores de cabeça em sentido figurativo e literal. No Norte, Centro e terras altas não, mantem-se tudo fresco e verde.
Chover pode ser divertido, eu adoro, e ao menos não apanhas escaldões e tens sossego. Embora eu saiba que isso seria desastroso para certas culturas agrícolas e para o turismo aqui, o que acho que até seria bem feito porque aqui as pessoas abandonaram os campos e a pesca e tornaram-se turismodependentes, eu apenas desejo, ano após ano que, quando chegue o Verão, do céu caiam suaves gotas de água que é para o pessoal ver o que é que é bom para a tosse. Bom trabalho!

 
At 10:49 da manhã, agosto 27, 2006, Blogger FB tem a dizer que...

é não era tão bonito ver a chuva ajudar as plantinhas a crescer ao som de música pimba ??
....
estes comentários andam a descambar para a parvoice pura!

 
At 11:50 da manhã, agosto 29, 2006, Blogger Migas-o-Sapo tem a dizer que...

Por acaso até havia de ser uma visão particularmente interessante. Boa sugestão. Já o tinha imaginado ao som de "Barcharolla From Les Contes d'Hoffenbach" ou de "Valsa do Potter" ou do "Anarion"(do "Conselho de Elrond"), entre outras mas quem diz que não fica bem ao som de, por exemplo, "Bacalhau Pimba" do Quinzinho Portugal, do "Ó Querida Noiva" do Emanuel, do A Lizete é a Minha Caminete" dos Gandas Malucos ou mesmo do "Anjo da Guarda" da Mónica Sintra?
Parvoíce pura és tu, ó lagartixa do submundo "dread". E que autoridade tens tu para dizer que o que os outros dizem é ou não parvoíce? Eu posso não ser muito esperto mas eu comentei o texto, dei a minha opinião. E tu, o que é que fizeste? Vieste chamar-me parvo. Porque é que não te analisas a ti próprio antes de emitir postas de pescada sobre os outros? Desafio-te a comentar o texto e a explicar de modo claro porque é que achas que o que eu disse é uma parvoíce. Fica bem.

 
At 10:25 da manhã, setembro 19, 2006, Blogger Migas-o-Sapo tem a dizer que...

Então? o gato comeu-te a língua? Ou tera sido o Sapo?

 

Enviar um comentário

<< Home

badge